domingo, 22 de abril de 2012

ODEIOOOOOOOOOOO

Odeio esses amores falsos que vivem tentando me vender felicidade, mas tenho muito mais é pena, dos quais insistem em vendê-lo de forma leviana, porque jamais compreenderam do que o verdadeiro amor é capaz.



Nenhum comentário:

Postar um comentário